O ateísmo no Brasil

home / O ateísmo no Brasil

NOVO
10%
O ateísmo no Brasil

Os sentidos da descrença nos séculos XX e XXI

9788546220670
Ricardo Oliveira Da Silva

Em “O ateísmo no Brasil: os sentidos da descrença nos séculos XX e XXI”, é apresentado um estudo sobre o tema na história brasileira. Uma obra que pesquisa o...

Mais informações

R$ 46,90

R$ 42,21

Consulte o prazo de entrega

    Mais Informações

    Sinopse:

    Em “O ateísmo no Brasil: os sentidos da descrença nos séculos XX e XXI”, é apresentado um estudo sobre o tema na história brasileira. Uma obra que pesquisa os significados históricos atribuídos ao ateísmo desde o início do século XX até o começo do século XXI. Atualmente, o ateísmo tornou-se um elemento de construção identitária e de ativismo político, mobilizando setores da sociedade na luta contra a discriminação dirigida aos ateus e ateias e na defesa de instituições públicas laicas como prevista pela Constituição Federal de 1988. Esta publicação busca atender a pesquisadores e interessados pelo tema no Brasil.

    Sumário:

    Capítulo I: ATEÍSMO E HISTORIOGRAFIA

    1. As definições de ateísmo

    2. O ateísmo na historiografia brasileira

    Capítulo II: O ATEÍSMO NO ANARQUISMO BRASILEIRO

    1. O ateísmo anticlerical no anarquismo

    2. O anticlericalismo e o anarquismo no Brasil

    3. O anticlericalismo e o ateísmo no jornal anarquista A Lanterna

    3.1 As origens e a trajetória do jornal A Lanterna

    3.2 O perfil do anticlericalismo em A Lanterna

    3.3 A história do clericalismo/religião em A Lanterna

    3.4 A descrença em Deus em A Lanterna

    Capítulo III: O ATEÍSMO NO MARXISMO BRASILEIRO

    1. O ateísmo materialista na obra de Marx e Engels

    2. O Partido Comunista do Brasil (PCB): um defensor do materialismo ateu?

    3. O ateísmo materialista na obra de intelectuais comunistas brasileiros

    Capítulo IV: O ATEÍSMO BRASILEIRO NO INÍCIO DO SÉCULO XXI

    1. O ateísmo cientificista no movimento ateísta internacional

    2. O florescimento do ativismo ateísta no Brasil

    3. O fenômeno do ciberateísmo e a Revista Ateísta

    3.1 A criação da Revista Ateísta

    3.1.1 Ateísmo e preconceito

    3.1.2 Ateísmo, identidade e ativismo

    3.1.3 Ateísmo e laicidade do Estado

    3.1.4 Ateísmo e ciência

    3.1.5 Ateísmo e ética

    3.1.6 Ateísmo e feminismo

    3.2 O significado da Revista Ateísta

    Numero de paginas:

    248

    Formato:

    14x21

    Ano de publicação:

    2020

    Área:

    História


    produtos relacionados