Literatura, exclusão e resistência

Literatura, exclusão e resistência

ISBN: 9786587782423 AUTOR: Lizandro Carlos Calegari, Ilse Maria da Rosa Vivian e Rosani Úrsula Ketzer Umbach

Este livro reúne pesquisas realizadas pelos integrantes do Grupo de Pesquisa Literatura e Autoritarismo no âmbito da UFSM. Seus autores – discentes e docentes de graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado da instituição – abordam, em seus capítulos...

R$ 52,90 R$ 47,61
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Este livro reúne pesquisas realizadas pelos integrantes do Grupo de Pesquisa Literatura e Autoritarismo no âmbito da UFSM. Seus autores – discentes e docentes de graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado da instituição – abordam, em seus capítulos, temas como memória, trauma, testemunho, descolonização e violência, partindo de um corpus diversificado e produzido em diferentes épocas. Essa mistura abre os horizontes acadêmicos para a diversidade e a pluralidade e a gama de reflexões estabelece potenciais diálogos entre o passado e o presente.


Número de Páginas

348


Formato

14x21


Ano de Publicação

2020


Área

Crítica Literária


Apresentação

Prefácio 

1. Da experiência individual à memória cultural 

2. Memórias da violência: a representação do trauma nas narrativas de Herta Müller 

3. A experiência traumática e o luto inconcluso em K. relato de uma busca, de Bernardo Kucinski 

4. Trauma, memória e narrativa testemunhal: tessituras entre a Psicanálise e a obra É isto um homem? 

5. A literatura da Shoah no Brasil: o frágil corpo humano em A morte de um carrasco, de Joseph Nichthauser 

6. A prisão, a tortura e o corpo: um olhar sobre o testemunho 

7. Não há disciplina para o tempo: memória e descolonização em O inventário das coisas ausentes, de Carola Saavedra 

8. A importância da memória coletiva: a barbárie em “Sorôco, sua mãe, sua filha” e Holocausto brasileiro

9. Memórias de um sobrevivente: violência, representação e efeitos 

10. A importância literária e social da obra Recordações da casa dos mortos, de Fiódor Dostoiévski 

11. Violência, autoritarismo e condição humana em Recordações da casa dos mortos, de Fiódor Dostoiévski 

12. Uma visada sobre valores, reparação e o conceito de justiça em Michael Kohlhaas, de Heinrich von Kleist 

13. “Eles combinaram de nos matar, mas nós combinamos de não morrer”: as mulheres violentadas de Olhos d’água, de Conceição Evaristo 

14. Moradores de rua e a sociedade em geral: entre a inexistência e a violência de seus relacionamentos em Crianças na escuridão e Capitães da Areia 

15. Violência mítica e violência divina: representações em José Saramago 

16. Zero: uma leitura sobre a representação da pós-modernidade e do autoritarismo 

Sobre os autores

Adriana Yokoyama

Ariádini de Andrade:

Daiane R. Steiernagel

Gregory M. Ferreira

Karina Moraes Kurtz

Lucas da Cunha Zamberlan:

Lúcia Kuss

Luciane de Lima Paim

Patrini Viero Ferreira

Sabrina Siqueira

Sandra de Fátima Kalinoski

Tuani de Oliveira Silveira

Vanderléia de Andrade Haiski

Relacionados

Interfaces entre Literatura

Interfaces entre Literatura

R$ 44,91
Comprar
Leitura e Literatura Infantil e Juvenil

Leitura e Literatura Infantil e Juvenil

R$ 44,91
Comprar
Curso de Literatura Portuguesa e Brasileira

Curso de Literatura Portuguesa e Brasileira

R$ 98,91
Comprar
Literatura e Censura

Literatura e Censura

R$ 34,11
Comprar