História do Trabalho Revisitada

História do Trabalho Revisitada

Justiça, Ofícios, Acervos

ISBN: 9788546212637 AUTOR: Alisson Droppa

Sem dúvida alguma a história do trabalho é um dos ramos mais punjantes e promissores da historiografia brasileira na atualidade. Dialogando com seus parceiros de diversas partes do mundo, bem como com outras áreas de conhecimento, como a Antropologia, ...

R$ 49,90 R$ 44,91
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Sem dúvida alguma a história do trabalho é um dos ramos mais punjantes e promissores da historiografia brasileira na atualidade. Dialogando com seus parceiros de diversas partes do mundo, bem como com outras áreas de conhecimento, como a Antropologia, a Sociologia e o Direito, os(as) historiadores(as) do trabalho no Brasil têm contribuído não apenas para o campo especí¬fico, mas também para os estudos históricos como um todo, ao discutirem questões, categorias e metodologias como narrativa, classe, direito, identidade, cultura, história oral e pesquisa em documentos judiciais. Este livro é um belo exemplo do vigor do campo. Trazendo textos de pesquisadores(as) consagrados(as) e iniciantes, com diversas fi¬liações institucionais, a obra oferece excelentes reflexões sobre a Justiça como objeto de pesquisa da história do trabalho, as culturas de ofício e a luta de trabalhadores(as), e os acervos ligados a esse âmbito de investigação. Em seu conjunto, as contribuições oferecem novas possibilidades de olhar para o passado em um momento de ataque frontal aos direitos dos(as) trabalhadores(as), tão duramente conquistados. (Benito Bisso Schmidt)


Número de Páginas

300


Formato

14x21


Ano de Publicação

2018


Área

Ciências Sociais


Capítulo 1: O nó na madeira: a expansão nacional da Justiça do Trabalho no Brasil; Capítulo 2: Sobre o direito de reclamar: os primeiros conflitos trabalhistas tramitados na Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro; Capítulo 3: A Justiça do Trabalho e os pequenos trabalhadores do sertão baiano (1964-1972); Capítulo 4: A Justiça do Trabalho e a Terceirização: apontamentos metodológicos para a investigação com fontes judiciais; Capítulo 5: Oficiais e operadores de máquinas: transformações e permanências na fabricação de calçados na segunda metade do século XX (Franca-SP); Capítulo 6: Costumes ou liberalidades: padeiros de Porto Alegre na Justiça do Trabalho; Capítulo 7: A regulamentação do serviço doméstico e as lutas das(os) trabalhadoras(es) na cidade do Rio Grande em fins do Oitocentos; Capítulo 8: Imagens do ofício: representações fotográficas das minas de carvão gaúchas e de seus trabalhadores; Capítulo 9: Arquivo Judicial Centralizado do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul: acervo, desafios e possibilidades de pesquisa; Capítulo 10: Universidades, pesquisa e gestão de acervos da Justiça do Trabalho; Capítulo 11: O Núcleo de Documentação Histórica da Universidade Federal de Pelotas e seus acervos: institucionalização e possibilidades de pesquisas.
Ana Paula do Amaral Costa

Angela de Castro Gomes

Aristeu Elisandro Machado Lopes

Clarice Gontarski Speranza

Fernando Teixeira da Silva

José Pacheco dos Santos Júnior

Larissa Rosa Corrêa

Lorena Almeida Gill

Magda Barros Biavaschi

Marluza Marques Harres

Nauber Gavski da Silva

Rita de Cássia Mendes Pereira

Vinicius de Rezende


Relacionados

Justiça

Justiça

R$ 32,31
Comprar
Justiça restaurativa e ensino jurídico

Justiça restaurativa e ensino jurídico

R$ 44,91
Comprar