Sindicalismo e Associativismo dos Trabalhadores em Educação no Brasil (Vol. 3)

Sindicalismo e Associativismo dos Trabalhadores em Educação no Brasil (Vol. 3)

Com escritos sobre a Argentina, Colômbia, Inglaterra, Japão e Peru

ISBN: 9788546209873 AUTOR: Carlos Bauer

Você tem em mãos o terceiro volume de Sindicalismo e Associativismo dos Trabalhadores em Educação no Brasil. Na leitura dos textos que compõem esta antologia você encontrará elementos que ajudam a desvendar as especificidades dos que vivem do próprio t...

R$ 62,90 R$ 56,61
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Você tem em mãos o terceiro volume de Sindicalismo e Associativismo dos Trabalhadores em Educação no Brasil. Na leitura dos textos que compõem esta antologia você encontrará elementos que ajudam a desvendar as especificidades dos que vivem do próprio trabalho no mundo educacional, dos percalços inerentes a esse labor, conhecer experiências associativas diversas, relatos de lutas de resistência, incursões nas temáticas de gênero, da saúde no trabalho, da cultura e da juventude relacionadas à educação. Seguindo uma tendência das publicações anteriores, este volume nos brinda com ensaios que dão conta de experiências nesse campo em países como a Argentina, Colômbia, Inglaterra, Japão e Peru. É valiosa, portanto, a contribuição dos autores. O pensamento que consigna ao associativismo de trabalhadores e ao sindicalismo, em particular, um lugar de menor destaque na organização da qual os explorados e oprimidos se valem para fazer frente aos ataques do capital é, por vezes, dominante no meio acadêmico. Afinal, essa seria uma temática de outro século, de outro momento na formação do modo de produção capitalista e dos sujeitos sociais que compõem e articulam esse sistema globalizado de produção e o “velho” mundo do trabalho. Outros modelos e formas de organização, supostamente, melhor responderiam aos processos identitários mais afinados com a modernidade e estariam mais bem correlacionados às demandas e interesses que, per se, a tradicional organização político-sindical não mais resp


Número de Páginas

412


Formato

16x23cm


Ano de Publicação

2017


Área

Educação


Capítulo 1. Sindicalismo dos trabalhadores da educação no Japão: primeira aproximação; Capítulo 2. O National Union of Teachers (NUT) no contexto da Guerra Fria: a Conferência Internacional de Paz entre professores do ocidente e do leste europeu; Capítulo 3. A diversidade dos métodos para construção do conhecimento científico: contribuições para uma pesquisa sindical na geografia; Capítulo 4. Análise e Tendência na Formação Sindical e Política no Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF); Capítulo 5. Algumas linhas históricas sobre a gênese e a consolidação política e social do Sinpro ABC (1984-1990); Capítulo 6. Do conformismo associativista à combatividade sindical: o surgimento da Asusp e suas transformações ao final da década de 1970; Capítulo 7. Formação para o trabalho docente no Brasil em tempos de reestruturação produtiva: relação entre educação e desenvolvimento econômico; Capítulo 8. Uma breve história do CPERS; Capítulo 9. O associativismo docente e as mudanças no magistério secundarista oficial cearense; Capítulo 10. A formação da consciência de classe entre docentes da rede pública de ensino do Distrito Federal; Capítulo 11. Transformações no trabalho e resistência docente na universidade pública; Capítulo 12. Apontamentos preliminares sobre a presença e o contributo do Sinpro-SP nos marcos da expansão do ensino privado durante a ditadura militar brasileira (1964-1983); Capítulo 13. Do que adoecem os/as professores/as? Pesquisas do sindicato Apeoe