Rizoma

Rizoma

Saúde Coletiva & Instituições

ISBN: 9788546209576 AUTOR: Túlio Alberto Martins De Figueiredo

Uma obra repleta de bons encontros e experiências: o conhecimento acadêmico valoriza e é valorizado pelo saber de base do cuidado em saúde; a(u)tores de diversas formações e contextos de atuação elaboram juntos modos de pensar e agir, integrando sabere...

R$ 42,90 R$ 32,17
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Uma obra repleta de bons encontros e experiências: o conhecimento acadêmico valoriza e é valorizado pelo saber de base do cuidado em saúde; a(u)tores de diversas formações e contextos de atuação elaboram juntos modos de pensar e agir, integrando saberes e devires. Em seus 11 capítulos, conceitos chaves do Institucionalismo (em especial, da Análise Institucional e da Esquizoanálise) são apresentados de forma didática, exempli¬cados e contextualizados, tornando fácil a sua compreensão. Expõe formas de incorporação do saber popular/tradicional de cuidado à saúde à rede formal. Apresenta a potência dos sujeitos e seus corpos no processo de reorganização de suas vidas em razão de trauma ou doença. Rea¬rma a necessidade e a efetividade da Educação Permanente em Saúde na (re)construção e fortalecimento do SUS. Amplia a perspectiva para a Saúde Coletiva a partir da Ética de Espinosa. En¬fim, exemplo de “utopia ativa”, importante tanto para os profi¬ssionais da academia como para os profi¬ssionais do serviço de saúde, ao trazer práticas críticas e reflexivas no trabalho em saúde – “trabalho vivo em ato”. Núncio Antônio Araújo Sól (Ufop)


Número de Páginas

212


Formato

14x21cm


Ano de Publicação

2017


Área

Ciências Sociais


Parte I: Análise Institucional & Saúde Coletiva; 1. O desafio de ser agente comunitário de saúde rural: o cotidiano das visitas domiciliares; 2. Participação social: conexões e fluxos de um conselho municipal de saúde; 3. A assistência farmacêutica no município de vitória e a sua reorientação: uma leitura sob o signo do institucionalismo; Parte II: Esquizoanálise & Saúde Coletiva; 4. “Branco sai, preto fica”: como criar corpos sem órgãos – agenciamentos entre saúde, arte e filosofia; 5. Carto-grafia, transdisciplinaridade, encontros e esquizoanálise: contribuições para o pensar em saúde coletiva; 6. Benzedeiras e profissionais da estratégia saúde da família: uma articulação possível?; 7. A pedra dos dois olhos: manifestação do sensível de um grupo de adolescentes – uma abordagem ecosófica; Parte III: Outras Multiplicidades & Saúde Coletiva; 8. Crianças e adolescentes no contexto escolar: ações afirmativas contra o racismo; 9. Invenções a partir de um acidente motociclístico: um biografema; 10. (Des)construindo caminhos, trilhando possibilidades: reflexões sobre itinerários terapêuticos; 11. Os (in)delicados encontros e desencontros na dinâmica de funcionamento de uma unidade de saúde da família.