Para que não se esqueça

Para que não se esqueça

Um estudo sobre o trabalho da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil

ISBN: 9788581485256 AUTOR: Carlos Artur Gallo Cabrera

Este livro traz um estudo importante para a compreensão do processo de democratização e das limitações atuais do sistema político brasileiro. Através de minunciosa pesquisa, a obra examina a rica e sofrida trajetória política e institucional da Comissã...

R$ 37,90
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Este livro traz um estudo importante para a compreensão do processo de democratização e das limitações atuais do sistema político brasileiro. Através de minunciosa pesquisa, a obra examina a rica e sofrida trajetória política e institucional da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos (CFMDP), de seus primórdios, quando da luta pela anistia política, na década de 1970, até a conjuntura atual, marcada pelos trabalhos da Comissão Nacional da Verdade. Apesar de todo o trabalho realizado por esta entidade nas últimas décadas, restam ainda obscuras as circunstâncias das mortes, a autoria dos crimes e o paradeiro dos corpos da maioria dos militantes mortos e desaparecidos. As causas desta situação são esclarecidas nesta obra inspirada pelo saber científico e pela sede de justiça.


Número de Páginas

180


Formato

14x21cm


Ano de Publicação

2014


Área

História


Subsídios Teóricos à Identificação de um Problema de Pesquisa para a Ciência Política; A Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil: Da Distensão "Lenta, Gradual e Segura" aos Primeiros Anos da Nova República; Do Luto Oficializado à Persistência na Luta: A Atuação da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos a partir da Lei nº 9.140 de 1995; Braço Forte, Mão Amiga: Uma Análise da Atuação dos Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil à Luz do Legado Autoritário.