Manual Jurídico da Escravidão (vol. 1 e 2)

Manual Jurídico da Escravidão (vol. 1 e 2)

ISBN: 9786558403425 AUTOR: André Barreto Campello

O "Manual Jurídico da Escravidão: Império do Brasil" apresenta de forma simples e sistematizada, mas não superficial, a estrutura do instituto jurídico da escravidão dos negros no Brasil durante o século XIX e responde inúmeras questões, dent...

R$ 270,00
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

O "Manual Jurídico da Escravidão: Império do Brasil" apresenta de forma simples e sistematizada, mas não superficial, a estrutura do instituto jurídico da escravidão dos negros no Brasil durante o século XIX e responde inúmeras questões, dentre elas: Quando se iniciou a escravidão no Brasil? O escravo era uma coisa ou uma pessoa? Ele poderia ser processado criminalmente? Seria possível o cativo adquirir patrimônio ou ter uma família? Poderia o proprietário aplicar uma penalidade de morte? O escravo era cidadão do Império? A sociedade brasileira tinha medo dos escravos? Os escravos aceitavam passivamente o seu cativeiro? Existia um Código Negro no país? Como poderia obter judicialmente a sua liberdade? O que foi a lei para inglês ver? Como o tráfico de escravos se encerrou? Quem eram os feitores e os capitães do mato? A Lei Áurea realmente extinguiu a escravidão? O Manual revela as dimensões de um inferno construído sob a forma de sistema produtivo, que destruiu sociedades e exterminou milhões de indivíduos, em umBrasil totalmente diferente do nosso, onde esse fruto da maldade humana era elemento constituinte da paisagem. A obra é, acima de tudo, um inédito olhar sobre o sombrio universo da escravidão.

O "Manual Jurídico da Escravidão: Cotidianos da Opressão" convida o leitor a caminhar pelas ruas das cidades brasileiras no século XIX e enxergar o sistema escravista em funcionamento, observando como se dava a opressão de milhões de homens, mulheres e crianças, respondendo várias questões. Ele explora e aprofunda temas que não foram objeto de estudo no Manual Jurídico da Escravidão: Império do Brasil, de forma simples e objetiva, sistematizando o assunto, permitindo ao leitor compreender como o sistema escravista se estruturava nos seus detalhes e, consequentemente, a realidade de exclusão por ele construída.



Número de Páginas

680


Formato

16x23


Ano de Publicação

2021


Área

História


VOLUME 1:

Capítulo 1. A Escravidão como herança

Capítulo 2. A Constituição de 1824 e a Escravidão: uma Constituição nascida de um trauma

Capítulo 3. Tráfico e escravidão: dois aspectos de uma sombria realidade

Capítulo 4. Estatuto Civil do Escravo

Capítulo 5. O Escravo e o Direito penal material e processual

Capítulo 6. A Administração da Opressão: o controle de escravos no Império do Brasil

Capítulo 7. O caminho para a Abolição.

VOLUME 2:

Prefácio

Introdução

Capítulo 1. A vida urbana do escravo: o cotidiano da opressão

Capítulo 2. Os africanos livres

Capítulo 3. Lei Eusébio de Queirós: a extinção do tráfico de escravos

Capítulo 4. Os libertos

Capítulo 5. 1831: o ano que abalou o Império do Brasil

Capítulo 6. Insurreições

Capítulo 7. A lei do Ventre Livre: anotada e comentada

Conclusão. “[...] Fora da lei positiva não é possível conceber a escravidão”

Referências

Relacionados

Terras e escravos

Terras e escravos

R$ 41,76
Comprar
Senhores escravos

Senhores escravos

R$ 41,31
Comprar
A Revolução do Haiti e o Brasil escravista

A Revolução do Haiti e o Brasil escravista

R$ 55,71
Comprar
Escravidão urbana e abolicionismo no grão-pará (século XIX)

Escravidão urbana e abolicionismo no grão-pará (século XIX)

R$ 52,11
Comprar