Joguem como Homens!

Joguem como Homens!

Masculinidades, Liberdade de Expressão e Homofobia Em estádios de Futebol, no Estado do Maranhão

ISBN: 9788546216963 AUTOR: João Carlos Da Cunha Moura

É inevitável pensar a centralidade do futebol na construção de um torcedor, nos seus gostos, trejeitos, preferências e prazeres. E é exatamente por isso que é inevitável pensar que esse torcedor, o sujeito, que ali está formado, também é produto de uma...

R$ 43,90 R$ 39,51
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

É inevitável pensar a centralidade do futebol na construção de um torcedor, nos seus gostos, trejeitos, preferências e prazeres. E é exatamente por isso que é inevitável pensar que esse torcedor, o sujeito, que ali está formado, também é produto de uma lógica extremamente violenta dentro da qual homens heteros sempre enxergam a naturalidade. Inclusive porque é no futebol que percebemos as nossas principais sociabilidades, sobretudo porque é onde somos testados e testamos a masculinidade alheia, dos colegas de clube ou não. Evidente que a sociabilidade futebolística não está resumida a um discurso de violência simbólica e física masculina. O futebol é um campo muito rico de expressões populares e coletivas. Uma grande galáxia, repleta de sistemas de diversas escalas que expressam comunidades que se projetam a partir dos clubes. Mas, ainda que seja difícil e penoso, é preciso reconhecer que um dos combustíveis dessa “paixão”, para uma boa parte desses “sistemas”, tem como matériaprima a necessidade de reafirmação constante da nossa – frágil – masculinidade.


Número de Páginas

152


Formato

14x21cm


Ano de Publicação

2019


Área

Ciências Sociais


1. A reprodução de uma masculinidade pelo futebol; 2. O direito fala; 3. Há de ser “bicha”, porém sem perder a masculinidade jamais; 4. Entrando em campo: performance masculina, liberdade de expressão e discurso de ódio nos estádios de futebol do Maranhão.