Iniciativas de Atendimento para Crianças Negras na Província de São Paulo (1871-1888)

Iniciativas de Atendimento para Crianças Negras na Província de São Paulo (1871-1888)

ISBN: 9788546205639 AUTOR: Daniela Fagundes Portela

Esta obra consiste em um estudo que investigou como uma das províncias que mais avançava economicamente com a exploração do trabalho escravizado cumpriu a legislação abolicionista que vigorou após 1871, a qual alterou a condição jurídica das crianças n...

R$ 42,90
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Esta obra consiste em um estudo que investigou como uma das províncias que mais avançava economicamente com a exploração do trabalho escravizado cumpriu a legislação abolicionista que vigorou após 1871, a qual alterou a condição jurídica das crianças negras. A referida legislação, em um dos seus dispositivos, previa que as crianças nascidas, após 28 de setembro de 1871, seriam consideradas de condição livre, no entanto, esses meninos e meninas, até completarem a idade de 8 anos, permaneceriam sob responsabilidade dos escravocratas, que então decidiriam se as manteriam nas suas propriedade ou se as entregariam ao Estado mediante o recebimento de uma indenização. A autora muniu-se de um amplo e diverso corpus documental, o qual possibilitou, para além de acompanhar quantitativamente os dados referentes à entrega das crianças negras livres ao governo de São Paulo, como previa a referida legislação, também identi¬ficar o debate que se iniciou na sociedade brasileira em torno desse novo sujeito social que compunha uma nova categoria da infância brasileira, surgida em 1871.


Número de Páginas

216


Formato

14x21cm


Ano de Publicação

2016


Área

Educação


Capítulo 1: A Infância e suas histórias; Capítulo 2: O problema das fontes e/ou a fonte dos problemas?; Capítulo 3: Iniciativas de atendimento para crianças negras livres; Capítulo 4: Crianças negras livres da Freguesia do Ó.