Guerreiro Ramos e o Personalismo Negro

home / Guerreiro Ramos e o Personalismo Negro

10%
Guerreiro Ramos e o Personalismo Negro
9788581489100
Muryatan Santana Barbosa

Guerreiro Ramos esteve entre aqueles autores/ativistas que entenderam, na década de 1950, que a europeização do mundo era um processo racista e excludente. Mas como humanista que era, quis ver além. Defendeu a criação de um Brasil novo, nacional e popu...

Mais informações

R$ 46,90

R$ 42,21

QTD.:
COMPRAR

Consulte o prazo de entrega

    Mais Informações

    Sinopse:

    Guerreiro Ramos esteve entre aqueles autores/ativistas que entenderam, na década de 1950, que a europeização do mundo era um processo racista e excludente. Mas como humanista que era, quis ver além. Defendeu a criação de um Brasil novo, nacional e popular. Daí sua interpretação original da negritude e sua crença na possibilidade de reeducação do “branco” brasileiro. Foi o nosso Fanon possível. Mas nem sua crítica, nem seu projeto de Brasil nasceram no vazio. Eles foram gerados na própria trajetória de Guerreiro: este “mulato” que virou “negro”, por conta de sua práxis no Teatro Experimental do Negro. Esta é a estória que este livro conta.

    Sumário:

    Apresentação; Introdução; Capítulo 1: O caminho sociológico; Capítulo 2: A integração ao Ten; Capítulo 3: O personalismo negro; Considerações finais; Referências

    Numero de paginas:

    236

    Formato:

    14x21cm

    Ano de publicação:

    2015

    Área:

    Educação