Educação Física Cultural

home / Educação Física Cultural

Educação Física Cultural

Relatos de Experiência

Marcos Garcia Neira

A leitura de um relato de experiência da Educação Física cultural abre portas para o inimaginável. É possível acessar boa parte da trajetória percorrida pelo seu autor ou autora, as concepções que influenciam sua docência, as certezas e dúvidas que o/a...

Mais informações

R$ 0,00

Consulte o prazo de entrega

    Mais Informações

    Sinopse:

    A leitura de um relato de experiência da Educação Física cultural abre portas para o inimaginável. É possível acessar boa parte da trajetória percorrida pelo seu autor ou autora, as concepções que influenciam sua docência, as certezas e dúvidas que o/a mobilizam, as ideologias que atravessam suas convicções pedagógicas e também suas inquietações, desejos e realizações. Saborear esse material é uma oportunidade para conhecer a prática pedagógica pelo lado de dentro, algo bem distinto do que dizem os meios de comunicação ou os informes oficiais. O que salta aos olhos é o currículo em ação narrado justamente por quem planeja, desenvolve e avalia o processo.

    Sumário:

    1. Relatos de experiência com o currículo cultural da Educação Física: formando professores e professoras no “chão da escola”; 2. Bad o quê? Uma produção sobre o badminton; 3. Desconstruindo o normativo através das mochilas: existem outras possibilidades de ser?; 4. Brincando na Emei Jaguaré; 5. Huka-huka e derruba o toco: lutas indígenas nas aulas de Educação Física; 6. Transmutando as performances dos corpos: rebeldias e transgressões educacionais; 7. Pife, truco e uno, os jogos de cartas nas aulas de Educação Física; 8. Capoeira é e não é...; 9. Tematizando o “troço” que gira rápido: o spinner nas aulas de Educação Física; 10. Dominó: sorte, azar e estratégia; 11. “A Pabllo Vittar não é de Deus”: desconstruindo questões de identidade de gênero na dança pop; 12. O rap como voz política na escola; 13. Samba, samba, samba o lelê; 14. Capoeira e maculelê: aprofundando e ampliando o conhecimento dos alunos sobre as práticas corporais afro-brasileiras; 15. Ginásticas de academia: pena que gordinha não pode!; 16. “Macumba saravá, solto um peido e sai fubá”: rituais de passagem, kuarup e o huka-huka no 6° ano.