Dispositivo Nacional

Dispositivo Nacional

Biopolítica e (anti) modernidade nos discursos fundacionais da Argentina

ISBN: 9788546219759 AUTOR: Fábio Feltrin de Souza

Em “Dispositivo Nacional: Biopolítica e (anti)modernidade nos discursos fundacionais da Argentina” analisa a nação que emergiu a partir dos escritos dos intelectuais argentinos da “geração” de 1837. A obra analisa também como esta ala buscou promover a...

R$ 49,90
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Em “Dispositivo Nacional: Biopolítica e (anti)modernidade nos discursos fundacionais da Argentina” analisa a nação que emergiu a partir dos escritos dos intelectuais argentinos da “geração” de 1837. A obra analisa também como esta ala buscou promover a eliminação de todo antagonismo social como forma de garantir a sobrevivência e como elemento constitutivo de suas fronteiras cartográficas. Essa eliminação não se deu apenas com repressão e genocídios físicos, mas também, e antes, no nível discursivo e simbólico. Esta publicação é destinada a estudantes, pesquisadores, professores e interessados pelo tema.


Número de Páginas

312


Formato

14x21


Ano de Publicação

2020


Área

História


Introdução ao Dispositivo Nacional na Argentina

1. Alvorada no deserto: missão e regeneração nacional

2. Exterioridade: exílio e nação

3. A invenção do deserto: o Pampa na ordem visual moderna

4. El rapto de la cautiva: entre fantasmas e violências

5. Margens do Prata ou sintomas antimodernos

O desfecho do dispositivo ou a história como trauma na Argentina

Arquivos pesquisados

Documentos

Obras literárias, políticas e filosóficas

Referências bibliográficas

Como se faz um deserto: guerra, modernização e imaginação territorial no século XIX

Relacionados

Operários e camponeses

Operários e camponeses

R$ 39,90
Comprar
Patria mestiza

Patria mestiza

R$ 59,90
Comprar
O vento das reformas

O vento das reformas

R$ 33,90
Comprar
Cinema e Sociedade

Cinema e Sociedade

R$ 46,90
Comprar