Corpo e Diásporas Performativas

Corpo e Diásporas Performativas

ISBN: 9788546215942 AUTOR: Daniel Santos Costa

Corpo e diásporas performativas revela um conjunto de textos sobre trajetórias, histórias, experiências e processos prático-teóricos, assentados no fazer-pensar a partir de diferentes atravessamentos diaspóricos. São narrativas e discursos construídos ...

R$ 52,90 R$ 39,67
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Corpo e diásporas performativas revela um conjunto de textos sobre trajetórias, histórias, experiências e processos prático-teóricos, assentados no fazer-pensar a partir de diferentes atravessamentos diaspóricos. São narrativas e discursos construídos na relação dos corpos em movimento com as tessituras socioculturais, históricas, poéticas, pedagógicas e artísticas, reveladas pelos deslocamentos dos sujeitos, reverberando discursos pautados em posturas éticas, estéticas e políticas aliadas à produção de conhecimento na dança, no teatro e nas artes visuais. A diáspora é, então, um processo inconcluso, aberto, nômade... uma encruzilhada. (Jarbas Siqueira Ramos, professor na Universidade Federal de Uberlândia)


Número de Páginas

356


Formato

14x21cm


Ano de Publicação

2019


Área

Artes e Fotografia


1. Guyrá Apó – Ave Raiz: memórias que voam; 2. Sangam: onde os rios se encontram; 3. Conexões pedagógico-artísticas entre “corpo e ancestralidade” e “corpografias arvorescentes”: desdobramentos para o ensino em dança teatro brasileira de matrizes/motrizes afro-orientadas e ameríndias; 4. Corpo em visualidades diaspóricas: dimensões políticas e estéticas da luz cênica; 5. A criação do espetáculo Exilius: realidade, imaginário e ativismo; 6. Da pele ao pote; 7. Trezencena sortilégio; 8. Tramas criativas do corpo e ancestralidade: o entrelaçar entre encenações e poéticas; 9. A diáspora privilegiada tateando os limites do interculturalismo entre Ocidente e Oriente; 10. Gurus, tricksters e místicos do subúrbio: personagens da Índia pós-colonial; 11. A filosofia do guarnecer como procedimento criativo; 12. De pés: corpo negro na encruzilhada – um transbordar poético-autobiográfico; 13. Pôr em movimento: notas sobre o corpo, os mesmos e os outros; 14. Des[velar] euzebios detritos de um ator-performer em processo de desmontagem; 15. Ensaio sobre o silêncio. Corpo – Palavra – Imagem; 16. Lecture-performance: encontrando novos rastros a partir da transmissão da peça Caminhos (1998); 17. Desterrados: transferência compulsória no Vale do São Francisco-BA; 18. Corpo votivo: análise do processo de criação cênica Aorta da fé a partir da categoria Corpo Votivo na dimensão do sagrado de si.