A biopolítica e a vida que se pode deixar morrer

A biopolítica e a vida que se pode deixar morrer

ISBN: 9788581480565 AUTOR: Susel Oliveira Da Rosa

Esta obra retrata a crueldade da biopolítica e a violência da produção de vidas nuas, inúteis e descartáveis, num mundo que se quer democrático, o Brasil pós-ditatorial, os pontos principais em que incide o olhar crítico dessa historiadora, fortemente ...

R$ 45,90 R$ 41,31
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Esta obra retrata a crueldade da biopolítica e a violência da produção de vidas nuas, inúteis e descartáveis, num mundo que se quer democrático, o Brasil pós-ditatorial, os pontos principais em que incide o olhar crítico dessa historiadora, fortemente comprometida com o tempo presente. Não faz concessões ao denunciar a permanência das formas da violência política e policial afetando a vida dos brasileiros, especialmente os pobres e os negros, expulsos para a periferia das cidades cada vez mais higienizadoras e punitivas. Não se estriba apenas em estatísticas, mas prima por contar histórias de vidas, com fatos colecionados nas situações limites.


Número de Páginas

204


Formato

17x24cm


Ano de Publicação

2012


Área

Ciências Sociais


Capítulo 1 – A violência no contexto biopolítico do estado de exceção, Capítulo 2 – Exceção e violência policial no Brasil, Capítulo 3 – Depois de um ano eu não vindo, ponha a roupa de domingo, Capítulo 4 – Luiz Alberto: um adolescente no DOPS/RS, Capítulo 5 – O empreendimento de reciclagem pós-ditadura.