A Ação Coletiva do Homem Simples na Construção da Esfera Pública

A Ação Coletiva do Homem Simples na Construção da Esfera Pública

Os Trabalhadores Rurais de Baturité-Ceará

ISBN: 9788581488776 AUTOR: Sonia Pereira

Este livro trata da interação de dois elementos normalmente estranhos entre si na realidade nacional: a política e o cidadão comum. A obra direciona seu foco na análise da experiência de participação do homem simples – a saber, o camponês – de Baturit...

R$ 42,90 R$ 38,61
QTD.:

Mais Informações

Sinopse

Este livro trata da interação de dois elementos normalmente estranhos entre si na realidade nacional: a política e o cidadão comum. A obra direciona seu foco na análise da experiência de participação do homem simples – a saber, o camponês – de Baturité, município de pequeno porte, situado na região serrana do estado do Ceará, a 84 km da capital, Fortaleza. No contexto em estudo, novas formas de participação têm lugar no cenário político: fóruns, conselhos, experiências de autogestão, redes de movimentos, convivendo com formas históricas, partidos, sindicatos e associações, conferindo-lhes novos sentidos ou novos significados. Tais formas de participação buscam identificar opiniões, valores, concepções e práticas dos sujeitos em relação à política, aos direitos, ao exercício da cidadania e da democracia.


Número de Páginas

260


Formato

14x21cm


Ano de Publicação

2015


Área

Ciências Sociais


CAPÍTULO 1 – A contribuição do homem simples na construção da esfera pública: um objeto de estudo; CAPÍTULO 2 – A experiência de participação do homem simples nos espaços públicos em Baturité - Ceará: uma primeira aproximação; CAPÍTULO 3 – Os Conselhos Municipais: esforços de publicização e ensaios de participação; CAPÍTULO 4 – O Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Baturité: prática pendular entre a função estatal e a educação política; CAPÍTULO 5 – As Associações de Pequenos Agricultores: pertencimento a uma comunidade real e inauguração da fala; CAPÍTULO 6 – Os espaços públicos e as dificuldades para o exercício da política no drama recorrente da seca; CAPÍTULO 7 – Sítio São Pedro e Fazenda Manos Kolping: vida, trabalho e organização comunitária nas Associações, no Sindicato e nos Conselhos; Considerações Finais – A esfera pública é tecida no silêncio da lida no campo; Referências