Civilizar Homens e Florestas

home / Civilizar Homens e Florestas

NOVO
15%
Civilizar Homens e Florestas

O discurso político sobre agricultura e extrativismo na província do Amazonas (1852-1889)

9788546218196
Nasthya Cristina Garcia Pareira

Em Civilizar homens e florestas... procura-se examinar e interpretar, pela perspectiva da representação, as visões de natureza e de meio social que os presidentes da Província do Amazonas, entre os anos de 1852 e 1889, expressaram em seus relatórios de...

Mais informações

R$ 46,90

R$ 39,87

QTD.:
COMPRAR

Consulte o prazo de entrega

    Mais Informações

    Sinopse:

    Em Civilizar homens e florestas... procura-se examinar e interpretar, pela perspectiva da representação, as visões de natureza e de meio social que os presidentes da Província do Amazonas, entre os anos de 1852 e 1889, expressaram em seus relatórios de governo. Por meio, principalmente, do exame dos relatórios dos presidentes da Província do Amazonas, a particularidade natural e humana da região foi analisada com a intenção de evidenciar as problemáticas para a execução do projeto civilizador defendido pelo Império. Projeto que envolvia a afirmação e o reconhecimento do território nacional junto de um levantamento dos grupos humanos de lugares recônditos do país. <p><br></p>

    Sumário:

    Prefácio

    Introdução

    Capítulo I: Os presidentes de província e os relatórios

    1. Contexto de formação e acomodação das forças políticas no Império

    2. Cultura política

    3. Conteúdo e forma dos relatórios

    4. Os relatórios como documentos da Província e do Império

    5. Representação e discurso

    Capítulo II: Civilização e progresso: agricultura, explorações e exposições

    1. A política para a agricultura

    2. As Explorações Nacionais: informações sobre as dimensões natural e humana das províncias

    3. As Exposições Nacionais da Indústria: oportunidades para expor as riquezas da nação

    4. Civilização e progresso no discurso dos presidentes do Amazonas

    Capítulo III: Civilizar homens e florestas na Província do Amazonas

    1. Agricultura × Extrativismo

    2. Instrumentos para a transformação da relação homem-natureza

    3. Inércia e desídia? Deserto e decadência?

    Considerações finais

    Referências


    Numero de paginas:

    248

    Formato:

    14x21cm

    Ano de publicação:

    2019

    Área:

    História